Forex: Saiba como funciona o Ponto de Pivô em operações

0
933

Está em negociação ou analisando os gráficos das operações Forex e ainda não desvendou os segredos do Ponto de Pivô?

Essa é uma dificuldade que muitos enfrentam ao iniciar no mundo do mercado cambial. Mas temos uma boa notícia, ou melhor, uma matéria inteirinha para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto.

Continue a ler e descubra como o ponto de pivô não é tão assustador assim.

 

O que é Ponto de Pivô?

São indicadores utilizados na análise técnica em operações Forex e em outros mercados financeiros. Seu objetivo é prever as reviravoltas das tendências do mercado. Os pontos de pivô é apresentado como níveis de preços calculados, permitindo a compreensão dos movimentos ao longo das operações.

Em geral, esses indicadores são utilizados por operadores profissionais e analistas técnicos do mercado Forex.

Os pontos de pivô determinam os níveis de suporte e a resistência considerável para definir potenciais negociações. Seu cálculo consiste em reunir máximas, mínimas e preços de fechamentos do dia anterior para que os níveis de ponto de pivô sejam exibidos no gráfico do dia corrente.

Quando o preço atinge um dos pontos de pivô, na maior parte dos casos, acontece uma reação ou mudança no mercado. É considerado um movimento expressivo quando o preço conseguir cruzar o ponto de pivô.

 

Como calcular o Ponto de Pivô?

Vamos iniciar os esclarecimentos com o ponto de pivô principal (PP), que refere-se ao pivô central. Este que consiste em dois níveis de suporte abaixo do pivô central e dois níveis de resistência acima do pivô central. Seu cálculo é a soma da alta, da baixa e do fechamento do dia anterior, dividido por três.

Ponto de Pivô (PP) = (Máxima + Mínima + Fechamento)/3

De fato, não é necessário que o trader conheça a matemática por trás dos cálculos de ponto de pivô. As próprias plataformas de negociações apresentam, automaticamente, esses níveis em qualquer gráfico e prazo.

Entretanto, para os operadores mais avançados e por caráter de informação, o cálculo acontece da seguinte forma:

  • Suporte 1 (S1) = (P x 2) – Alta
  • Suporte 2 (S2) = P – (Alta – Baixa)
  • Resistência 1 (R1) = (P x 2) – Baixa
  • Resistência 2 (R2) = P + (Alta – Baixa)

Para calcular o terceiro nível de suporte, utilizamos o cálculo:

  • Resistência 3 (R3) = H + 2 * (PP – L)
  • Suporte 3 (S3) = L – 2 * (H – PP)

Em alguns casos, é possível identificar o preço de abertura na fórmula. Observe:

PP = ((Abertura de Hoje) + (Máxima + Mínima + Fechamento) de ontem)/4

Diferentes formas de calcular o ponto de pivô

Chamado de “clássico sistema de 5 pontos”, o cálculo apresentado anteriormente não é o único método para calcular o ponto de pivô. Veja outras possibilidades.

Ponto de Pivô Camarilla

A fórmula Camarilla resume-se no cálculo de 8 níveis principais, sendo 4 de resistência e 4 de suporte.

R4 = F + ((MÁX-MÍN) x 1,5000)

R3 = F + ((MÁX-MÍN) x 1,2500)

R2 = F + ((MÁX-MÍN) x 1,1666)

R1 = F + ((MÁX-MÍN) x 1,0833)

PP = (MÁX + MÍN + F) / 3

S1 = F – ((MÁX-MÍN) x 1,0833)

S2 = F – ((MÁX-MÍN) x 1,1666)

S3 = F – ((MÁX-MÍN) x 1,2500)

S4 = F – ((MÁX-MÍN) x 1,5000)

 

Ponto de Pivô Fibonacci

O foco da fórmula de Fibonacci é calcular suportes e resistências. Para isso, utilizamos o seguinte cálculo:

R3 = PP + ((MÁX – MÍN) x 1,000)

R2 = PP + ((MÁX – MÍN) x 0,618)

R1 = PP + ((MÁX – MÍN) x 0,382)

PP = (MÁX + MÍN + F) / 3

S1 = PP – ((MÁX – MÍN) x 0,382)

S2 = PP – ((MÁX – MÍN) x 0,618)

S3 = PP – ((MÁX – MÍN) x 1,000)

 

Ponto de Pivô Woodie

Semelhante a fórmula Camarilla, os pontos de pivô baseados em fórmula Woodie ainda possuem aspectos diferentes. Sua utilização pode resultar em mais peso ao preço de fechamento do período anterior.

R2 = PP + Máxima – Mínima

R1 = (2 X PP) – Mínima

PP = (Máxima + Mínima + 2Fechamento) / 4

S1 = (2 X PP) – Máxima

S2 = PP – Máxima + Mínima

É importante lembrar que, a escolha dos períodos acontece a partir da definição da estratégia de trading. Como os níveis de pivô se alteram de acordo com o período escolhido, é preciso escolher se eles serão diários, semanais, mensais ou anuais, cada qual com suas características e objetivos.

 

 

Criando estratégia a partir do Ponto de Pivô

Ao utilizar os indicadores de ponto de pivô, o sistema consegue identificar potenciais operações Forex em segundos. Outra característica é a inclusão de pontos precisos de entrada e saída de negociações, stop loss e take profit. Outro ponto positivo fica por conta do funcionamento, que se adequa a todas as condições do mercado.

Utilizando os pontos de pivô como níveis de suporte e resistência tradicionais, o trader de câmbio é orientado a colocar uma ordem de compra perto de níveis de suporte identificados e uma ordem de venda quando o par de divisas estiver próximo da resistência.

Assim, quanto mais vezes um par de moedas tocar o nível de pivô, mais forte será o nível.

Aos sinais de movimentação do preço na direção do nível de resistência, é recomendado colocar uma ordem pendente sell limit e uma stop loss acima da resistência.

Em casos de movimentação em direção ao nível de suporte, uma buy limit e uma stop abaixo do suporte podem ser interessantes.

 

Para quê os traders utilizam os pontos de pivô?

Podemos identificar duas situações onde esses indicadores são utilizados com mais frequência.

  • Quando traders de câmbio breakout utiliza-os para identificar os principais níveis que devem ser rompidos para determinar a futura direção do preço;
  • Pontos de pivô operando para identificar a tendência geral de mercado.

Para melhor desempenho na utilização de pontos de pivô, é preciso se atentar à abertura de mercado. Apesar de estar aberto 24h por dia, durante os 5 dias úteis da semana, o mercado é composto por 4 sessões: australiana, japonesa, do Reino Unido e dos EUA.

Sabemos que existe a diferença entre os fusos de cada país, por isso, durante a abertura de um mercado, é possível que haja ruptura dos níveis de pivô. Isso acontece porque os traders entrar no mercado ao mesmo tempo.

Aos traders de amplitude (ranges), a grande oportunidade pode ser considerada no momento do fechamento do mercado dos EUA e abertura do asiático, onde os preços podem permanecer estáveis por horas entre o ponto de pivô e o suporte ou a resistência.

É notório que os pontos de pivô são recursos que auxiliam os traders, cada estratégia com seu objetivo. Sua flexibilidade permite a atuação sozinha ou combinada com outros indicadores, opção que permite ao trader, criar e treinar sua própria estratégia.

Com o curso EAD Trader Forex, você aprende sobre pontos de pivô e outros indicadores, além de receber o certificado ao final do curso. Seja um trader profissional e atue nos maiores mercados cambiais do mundo.

Não esqueça de compartilhar este artigo com seus amigos e familiares. O mercado Forex é democrático e acessível a todos os públicos.

 

Até a próxima!

Leave a reply