Dicionário Forex – Todas as palavras que você precisa saber para atuar no mercado

0
1097

Acabou de iniciar suas operações de trade no mercado Forex e não está entendendo nenhuma palavra? Não se preocupe, você, caro leitor, não é o primeiro, não será o último e muito menos o único nessa situação.

Com esse artigo, você aprenderá os principais termos técnicos do Forex e não precisará mais se preocupar durantes as negociações.

Prepare a caneta e o papel, ou apenas salve esse artigo para consultas futuras. Um bom trader é aquele que conhece o mercado, compreende as estratégias e entende as características da modalidade.

Já pegou tudo para anotar ou salvou essa página? Então vamos começar.

 

Dicionário Forex

Adjustment (Ajuste): é uma medida adotada diante da situação onde o preço de uma moeda é flutuante e determinado pelo mercado.

Appreciation (Apreciação): fortalecimento de uma moeda em razão do aumenta da demando no mercado.

Ask (Preço de Venda): preços nos quais os investidores estão dispostos a vender uma determinada moeda. Está pretendendo comprar? Use o preço Ask como referência.

Base Currency (Moeda-Base): é a primeira moeda em um par de moedas. A cotação apresentada é sempre a moeda base referente ao valor da segunda moeda. Por exemplo, na cotação EUR/USD 1,1234, a moeda base é o Euro, e cada EUR custa 1,1234 USD.

Bear Market (Mercado de Ursos): refere-se ao pessimismo generalizado diante da queda repentina dos preços.

Bid (Preço de Compra): preço pelo qual um comprador está disposto a comprar uma determinada moeda. Para o vendedor, Bid refere-se ao preço de venda da moeda-base oferecida.

Bull Market (Mercado de Touros): termo que representa um otimismo no mercado, quando os preços estão em alta, e quando as cotações tendem a subir de maneira generalizada e prolongada.

Closed Position (Posição Fechada): uma posição que não sofre mais as flutuações das taxas de câmbio.

Currency Pair (Par de Moedas): é o par de moedas envolvidas em uma determinada transação.

Exotic Pairs (Pares Exóticos): são pares de moedas de cotação que possuem menor liquidez e volume negociado no Forex. Exemplo: EUR/TRY (Euro – Lira Turca).

Forex: Acrônimo de Foreign Exchange Market, é o maior mercado de moedas do mundo. É considerado um mercado de balcão, por não ser listado em bolsa. Movimenta mais de 5 trilhões de dólares por dia.

 

 

Leverage (Alavancagem): recurso que permite o trader negociar somente uma fração do valor total investido. É recomendado para traders mais experientes, pois, é um instrumento que maximiza o potencial de ganho na mesma proporção das perdas.

Liquidez: é a capacidade de um ativo ser convertido em dinheiro de forma rápida sem existirem perdas no valor.

Long Position (Posição Longa): é quando o trader compra uma moeda por um determinado preço e pretende vendê-la futuramente por um preço mais alto, lucrando com sua valorização.

Major Pairs (Pares Maiores): são os principais pares de moedas negociadas no Forex, de maior liquidez. Exemplo: USD/EUR (Dólar Americano — Euro).

Margin (Margem): utilizada com a alavancagem, funciona como garantia para a corretora manter a posição aberta. Ou seja, deve haver o mínimo em seu saldo, correspondendo a alavancagem escolhida, para iniciar uma operação.

Minor Pairs (Pares Menores): consistem nos pares formados entre as principais moedas, com exceção do Dólar Americano. Exemplo: GBP/JPY (Libra Esterlina — Iene Japonês).

PIP: Price Interest Point refere-se a menor variação possível de uma moeda em relação a outra. Em Forex, um PIP é o valor da quarta casa decimal da cotação de um par de moeda; isto não se aplica aos pares JPY.

Quote Currency (Moeda de Cotação): é a segunda moeda de um par. O preço de um par é sempre determinado pela moeda de cotação em relação a uma unidade da moeda-base. Na cotação do par EUR/USD 1,320, por exemplo, entende-se que 1 Euro equivale a 1,32 Dólares Americanos.

Resistência: os topos são chamados de resistência. A força vendedora é suficientemente forte para interromper ou reverter uma tendência de alta.

RPI: Índice de Preços de Varejo, consiste na inflação dos preços de varejo.

Short Position (Posição Curta): é a operação na qual o investidor vende uma moeda que não possui, acreditando que esta cairá de valor em relação a outra moeda do par. A moeda é emprestada pela própria corretora. Caso a moeda se desvalorize, o investidor tem, então, a oportunidade de comprá-la a um preço menor.

Spread: é a diferença entre o preço de compra e o de venda de um Ativo.

Stop Loss:  usado para limitar sua perda. Proteção da sua conta.

Suporte: os fundos dos preços são chamados de suportes. A força compradora é suficientemente forte para interromper ou reverter uma tendência de baixa.

Swaps: cálculo da taxa de juros que representa o custo ou a recompensa de manter posições abertas overnight.

Swissy: par comum USD / CHF.

Take profit ou TP: usado para colocar o ganho da operação.

Touro: similarmente ao Bear, é um investidor ou especulador que assume um aumento na taxa de um dado instrumento financeiro.

Trade-out: evitar que uma conta de negociação entre em campo negativo. Se em uma operação você chegar a perder 80% do capital, a corretora zera as operações.

Trailing Stop: assim chamado Pead stop, equivalente à ordem Stop Loss, que é movida automaticamente a um preço na distância indicada do curso, com uma posição de lucro crescente.

Trend (Tendência): a tendência dos preços é a direção para a qual o mercado está se movendo. O objetivo principal do investidor que utiliza a análise técnica é identificar uma tendência em seu estágio inicial e tirar proveito dela para obter lucro.

Volatilidade: estatística que avalia as oscilações no valor de um determinado investimento, no caso do Forex, é a avaliação da cotação das moedas. Quanto mais volátil, maior a medida de riscos, pois, com fortes variações de valor, a flutuação de mercado prejudica a sua previsibilidade.

WIBOR (Taxa de Oferta Interbancária de Varsóvia): taxa de juro de referência sobre empréstimos no mercado interbancário.

 

Conclusão

Esta lista de vocabulário do Forex não é completa muito menos definitiva. Aqui, apresentamos os termos mais comuns empregos em negociações Forex, e conforme o conhecimento for se expandindo, novos termos irão aparecer.

Estar bem atualizado sobre o mercado e as novas tendências no Forex é uma das características mais comuns entre os grandes traders do mercado.

Para te ajudar, a I AM oferece o curso EAD Trader Forex, formado por 9 módulos, do básico ou avançado. Um material exclusivo, elaborado pelo trader Márcio Lima e que só alunos I AM têm a oportunidade de conhecer e aprender. Cadastre-se e descubra esse maravilhoso mundo do conhecimento.

Além de cursos, dedique seu tempo às pesquisas gerais, fóruns e blogs dedicados a este assunto, como o portal I AM Post. Um espaço dedicado a levar informação, dicas e novidades sobre o mercado Forex e empreendedorismo.

Gostou desse artigo? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais, com amigos e família.

 

Até a próxima!

Leave a reply