Forex: O que é e como funciona a margem em operações Forex

0
404

Anteriormente, em nossos artigos, abordamos a utilização da alavancagem em operações Fofex. Existem muitos artigos falando sobre esse recurso, porém, o que não te contam é que para utilizar a alavancagem da maneira correta é preciso compreender sobre a margem.

Esses dois recursos caminham juntos durante as operações de investimento financeiro, incluindo o mercado Forex.

Se você é um trader iniciante ou já atua no mercado mas ainda não está claro qual o papel da margem nas aplicações, continue lendo esse artigo.

Caso ainda tenha dúvidas ao final de leitura, deixe sua mensagem nos comentários. Vamos democratizar o mercado financeiro e torná-lo acessível a todos.

Boa leitura!

 

O que é e como funciona a Margem

Muitos são os profissionais do trading Forex que utilizam do recurso para efetuar suas negociações, porém, muitos usuários ainda confundem o conceito dessa funcionalidade.

A margem é um depósito realizado pelo trader para que tenha saldo em sua conta e assim, poder manter a posições abertas.

É preciso deixar claro que, esse depósito não é um custo para o negociador, ou seja, a quantia depositada não faz parte de qualquer transação.

Ao decidir operar com margem, o trader deve dispor de um montante que seja capaz de manter uma posição aberta de acordo com o tamanho da posição ou do número de posições abertas. Lembrando que, o número de posições e a margem exigida são sempre proporcionais.

Em resumo, a margem nada mais do que um determinado depósito que o trader realiza para a corretora a fim de utilizar a plataforma para operar. Esse montante é uma garantia em caso de perdas.

Em geral, as corretoras exigem uma margem que varia de 0,25% a 5% do montante total da posição. Apesar de ser um depósito realizado pelo trader, esse dinheiro não fica disponível para uso, pois a corretora utiliza para garantir a sua posição aberta.

Após o fechamento das posições, a corretora devolve a quantia específica para o profissional. Esse processo garante a conclusão das operações em casos de perdas.

 

Aprendendo na prática

O termo margem está fortemente relacionado a alavancagem. Ou seja, ao negociar em margem, o trader utiliza da alavancagem: abertura de posições em quantia maior do que se tem em conta.

Exemplo

Visando melhor rendimento, o trader negocia $ 10 mil, mesmo não tendo a quantia. Com o recurso da alavancagem no Forex, isso é possível. Levando em consideração que a corretora exige 1% de margem, será necessário $ 100 do saldo em conta; essa é a margem utilizada.

Já a alavancagem corresponde a 100:1, ou seja, o trade controla $ 10 mil com apenas $100,00. O restante do valor é fornecido pela corretora.

A margem exigida pela corretora é uma garantia para ela, caso o mercado vá contra sua posição. Então, se o trader lucrar $ 100,00, seu retorno será de 100%; em caso de perda de $ 100, o prejuízo será de -100%. É uma relação proporcional.

 

 

Ao optar pela utilização da margem e da alavancagem, o profissional tem a possibilidade de realizar pequenas movimentações nos pares de divisas. Essas negociações podem resultar em lucro ou prejuízo maiores comparadas as negociações sem alavancagem.

A margem utilizável sempre será igual à “Equidade” menos “Margem usada”.

Outro ponto importante quanto a utilização desses recursos são seus riscos. Embora as possibilidades de ganho seja expressiva, os riscos de perdas são proporcionais. Por isso, antes de optar por negociar nessas condições, é preciso que o trader conheça o mercado, compreenda gráficos e estatísticas, tenha conhecimento sobre seu capital e atue com segurança.

Apesar de existirem inúmeros artigos relacionados ao assunto, o conteúdo oferecido por cursos de trader pode ser fundamental para seu sucesso.

Aqui na I AM, oferecemos o curso EAD Trader Forex para todos que buscam uma nova profissão. É um curso completo, do básico ao avançado e o aluno ainda pode aprender sem sair de casa. Cadastre-se e confira todos os planos disponíveis e a grade de estudos.

 

Conclusão

Podemos observar, ao longo do artigo, que margem e alavancagem sempre atuarão de forma combinada. E assim como as movimentações podem gerar rendimentos maiores do que sem alavancagem, os riscos de perda se equivalem.

É preciso conhecimento, experiência e tempo dedicado às operações Forex, bem como para qualquer outro investimento. Para te ajudar a minimizar esses riscos, confira o artigo anterior sobre alavancagem e tenha melhores condições de negociar.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário. Quanto mais abordarmos assuntos sobre o mercado Forex, mais democratizado ele será. Faça parte desse movimento.

 

Até a próxima!

Leave a reply